Shop Mobile More Submit  Join Login
About Deviant Quaisqualigundum!Male/Brazil Recent Activity
Deviant for 5 Years
Needs Core Membership
Statistics 58 Deviations 558 Comments 6,145 Pageviews
×

Newest Deviations

Literature
Desastre
Desastre
Não desejava na escrita
Rememorar das velhas sentenças
Essas palavras tão malditas
E dar-lhe vida
E dar-lhe crença
De quem só tem o amor de tema
Para verter na dor enferma
Que me visita
E conflita
E deforma nas linhas
De um sombrio poema.

Teria eu a ansiada chance
Do seu amor rever o encanto em face?
Ou serei mais um amante?
Um errante
Um desastre?
:iconChapelleiro:Chapelleiro
:iconchapelleiro:Chapelleiro 0 0
Literature
Um Ultimo Sorriso
Inseguro se tornaram meus passos
Sem a minha antiga estrela guia
Imaturo se tornaram os casos
E os acasos um irrelevante dia.
Tão intima quanto absoluta
A solidão se fez amiga
Assim como irrisória seria a luta
Em remover este meu novo estigma.
Quisera eu um ultimo sorriso
Da mais ínfima das esperanças
De ver nascer um final merecido
a ver crescer entre nós
O conflito
a distância.
:iconChapelleiro:Chapelleiro
:iconchapelleiro:Chapelleiro 1 0
Mature content
Sangue e Entranhas :iconchapelleiro:Chapelleiro 1 0
Mature content
Perdao :iconchapelleiro:Chapelleiro 1 0
Literature
Agustin Barrios
Agustin Barrios
Dedos que dançam sobre cordas
Não parem nunca a queda
Das suas trapezistas notas
Que desfalcam como belas.
Tem os dedos de um poeta
Quem no violão fez luz
Tal qual a lágrima reluz
Quando a musica se cessa.
Que sejam as muitas alegrias
E no choro os lamentos
De quem tiver na sorte o dia
De ouvir sua sinfonia
Tocar no âmago do pensamento.
:iconChapelleiro:Chapelleiro
:iconchapelleiro:Chapelleiro 0 0
O Balanco :iconchapelleiro:Chapelleiro 0 0 O Livro :iconchapelleiro:Chapelleiro 1 0 A Sacola :iconchapelleiro:Chapelleiro 1 0 A Bola :iconchapelleiro:Chapelleiro 2 0
Literature
Poluto Inferno
Poluto Inferno (27/05/2015)
Condenar-me ao absoluto
Inferno não é tarefa de Deus
Mas sim da Bela ao soluto
Coração que anseia o seu.
Se para digna índole
Ei de nunca pecar
Que me sane antes a síndrome
Dos seus beijos desejar
Pois condenar-me ao poluto
Inferno não é tarefa divina
Mas sim a quem a esta sina
Exilou-me absoluto.
:iconChapelleiro:Chapelleiro
:iconchapelleiro:Chapelleiro 1 0
A moeda :iconchapelleiro:Chapelleiro 3 4
Literature
Amigo Vento
Amigo Vento (17/04/2015)
Diria eu aos quatro ventos
Quem sabe hoje eu ainda tento
Em ter coragem num momento
Para a escolha enfim tomar.
Diante da bela moça
Com seus olhos bem atentos
Ao ver tamanho canto e força
Para as palavras sussurrar.
E você, amigo vento
Levando-as ao relento
Faz a bela escutar
E ansiar pela poesia
Que há muito eu não dizia
Sempre que eu a via passar.
:iconChapelleiro:Chapelleiro
:iconchapelleiro:Chapelleiro 4 4
Literature
Flerte
Flerte (13/03/2015)
Dona do ultimo sorrido
Que ei de ter o vislumbre
Quando no momento lúgubre
Estender-me esse até o siso...
É disso que preciso!
Um pouco mais de sorte
Em ter-me preso ao véu da morte
A ver nascer outra paixão
Em meu peito tão aflito.
:iconChapelleiro:Chapelleiro
:iconchapelleiro:Chapelleiro 2 8
Literature
Queria Eu
Queria Eu
Queria eu dar à poesia
A cor do castanho cabelo
A dor de a mim não tê-los
Em refolgo de minha companhia.
Queria eu dar à poesia
O gosto do seu primeiro beijo
E no vivas peito fraquejo
A palavra jamais proferida.
Queria eu dar à poesia
O som do riso enroscado
Que ecoa em soluto quarto
Como resto de minha alegria.
Queria eu dar à poesia
A sua forma contemplada
Mas só há nas linhas cravadas
Nada mais que as palavras
Beirando-a parecidas.
:iconChapelleiro:Chapelleiro
:iconchapelleiro:Chapelleiro 4 0
Literature
Chuva
Chuva
Chuva, amiga minha
Pensava eu que você não vinha
O seu pranto derramar.
Mas tão rápida e passageira
Fez aquela gosta certeira
O meu rosto enfim tocar.
E levou para bem longe
A lágrima de sua fonte
Que eu deixei rolar.
:iconChapelleiro:Chapelleiro
:iconchapelleiro:Chapelleiro 4 0
Literature
Calada Noite
Calada Noite (22/12/2014)
Como posso resistir ao canto
De quem adentra na calada noite
E faz dessa rigoroso açoite
Onde põe-se a derramar seu pranto.
Não era de tamanho espanto
Que sua face, frágil, singela
Tomasse, enfim, descanso
Derramada em minha mão cautela.
Com a asa mergulhada em pluma
Faz de voo logo, anjo celeste
Voe para bem longe, peste...
Pernilongofilhodaputa.
:iconChapelleiro:Chapelleiro
:iconchapelleiro:Chapelleiro 5 6

Watchers

Não ando escrevendo mais poemas com a mesma frequência de antigamente. Não sei o porquê, mas parece que a fonte deu uma secada. Acredito que seja o amadurecimento de algumas ideias e ainda a não compreensão de muitas outras. Todavia, não estou parado. Ando trabalhando em alguns projetos pessoais, sendo eles dois livros de contos e uma hq. "Porra, era de poemas antes e agora de contos e hq?". Exato. O de poemas está praticamente pronto, visto que usaria quase todos os poemas daqui e alguns uns poucos que nunca postei. Me falta fazer uns desenhos e outros detalhes. Contudo, a editora com que acertei a publicação pretende me dar uma boa ajuda financeira no meu primeiro livro, independente de qual fosse. Não que eu não acredite em meus poemas, mas sinto que devo fazer o de contos acontecer como minha primeira obra publicada.

Enfim, deixo esse parecer aqui, para os gatos pingados que pararem para ler meus poemas e se perguntarem do porquê meu d.a estar 'morto'. E aos leitores que aqui chegaram, grato pela atenção :)

Groups

Comments


Add a Comment:
 
:iconjohnpatience:
JohnPatience Featured By Owner Jan 22, 2017
Thanks for the faves  :)
Reply
:iconpajunen:
Pajunen Featured By Owner Sep 11, 2016
Thanks for the :+fav:
Reply
:iconhagarohorrivel:
HagaroHorrivel Featured By Owner Aug 13, 2016
Olá, desculpa pelo spam. Só gostaria de te convidar pra nova comunidade brasileira de design... Link: www.webfx.com.br/
Aparece lá você é muito importante!
Abraços.
Reply
:iconmarmottegarou:
Marmottegarou Featured By Owner Aug 10, 2015  Professional Filmographer
Thanks for the fav :ahoy:
Reply
:iconburedo-no-arashi:
Buredo-no-arashi Featured By Owner Aug 3, 2015  Student Digital Artist
Thanks for the fav
Reply
:iconstyxtwig:
StyxTwig Featured By Owner May 31, 2015
May17 2015 FavStampTHanks by StyxTwig
Reply
:iconchapelleiro:
Chapelleiro Featured By Owner Jun 21, 2015
:)
Reply
:iconnickalive:
nickalive Featured By Owner May 4, 2015  Professional General Artist
valeu pelo fav
Reply
:iconchapelleiro:
Chapelleiro Featured By Owner May 5, 2015
Que isso. Sua arte é foda
Reply
:iconjaimedeandruart:
jaimedeandruart Featured By Owner Jan 28, 2015  Student Writer
Agradecido pelos preciosos favs, Sr. Chapelleiro =D
Reply
Add a Comment: